fechar
Comentar
Publicado por Blog do Corretor

A importância da gestão da saúde no dia a dia corporativo

A importância da gestão da saúde no dia a dia corporativo


Omint aponta o impacto direto do bem-estar dos colaboradores nos desempenhos das companhias, incluindo saúde física e mental   



SÃO PAULO - Questões de saúde como doenças cardiovasculares, sedentarismo e tabagismo, bem como os transtornos mentais, cada vez mais têm exercido impacto econômico sobre as sociedades, o que inclui também as famílias e o ambiente corporativo. Neste último, doenças mentais como depressão, alcoolismo e esquizofrenia estão dentre as principais causas de afastamento no Brasil, de acordo com estudo desenvolvido pela Universidade de Brasília (UnB). A Organização Mundial da Saúde (OMS) ainda acrescenta que 40% da população mundial sofre de algum tipo de transtorno psíquico, sendo eles a segunda maior causa de perda de produtividade nas empresas. 



Atenta a esse quadro, a Omint desenvolveu e aplica, desde 2016, o Programa de Saúde Emocional nas companhias parceiras. "Utilizamos uma ótica ampla, com base no conceito da própria OMS que saúde é um conjunto de atributos físicos, mentais e sociais. Com base nisso, identificamos casos que necessitam de acompanhamento específico", explica o diretor Médico Técnico da Omint, Dr. Marcos Loreto. "Buscamos desmistificar a saúde mental nos ambientes de trabalho, mostrando o quanto ela gera um impacto direto na produtividade".



"Atualmente, estamos com 80 colaboradores participando do Programa Saúde Emocional, e os impactos têm sido positivos: em 2017, tivemos 85% de frequência, com redução de 38% do nível de estresse", comenta Dr. Loreto. 



Screening – Além da saúde mental, a Omint realiza o mapeamento do perfil da saúde dos colaboradores, o screening. "Esse levantamento é fundamental para verificarmos as principais queixas de saúde. Além de atenuarmos o absenteísmo, promovemos qualidade de vida", explica Dr. Loreto. 



De acordo com o médico, os principais problemas de saúde identificados nesse mapeamento são: doenças cardiovasculares e hábitos a serem corrigidos relacionados a padrões alimentares, nível de atividade física, sono e tabagismo. "Com base nesses dados, definimos um plano de ação de saúde com uma equipe", esclarece, acrescentando os números: "atualmente, temos 2.569 colaboradores participantes, representando 62% de adesão entre as 29 empresas que fazem parte do programa". 



Dr. Loreto ainda ressalta pontos importantes para a expansão das discussões sobre saúde física e emocional nas empresas: "ainda que nosso programa seja in company, temos dois desafios principais: espaço dedicado para a conversa com o especialista e manter a disciplina das frequências. Isso ocorre porque a questão de problemas de saúde física e psicológica no trabalho ainda é vista de forma muito incipiente no Brasil, e nossa missão é repercutir sua importância para que todos saiam ganhando: a empresa, combatendo o absenteísmo, e o colaborador, que ganha qualidade de vida", acrescenta Dr. Loreto. 



Sobre a Omint 

A Omint iniciou suas operações no Brasil em 1980, com o lançamento do primeiro plano de saúde voltado ao segmento de alta renda do país, segmento em que hoje é líder de mercado. A Omint Saúde está entre as 500 maiores empresas do país, sendo a 2ª maior empresa argentina no Brasil e ocupando a 11ª posição em saúde, de acordo com o ranking Exame Melhores e Maiores|2018.  Em 1999, a Omint passou a atuar como fornecedor de serviços em odontologia, com a abertura de uma clínica própria, considerada uma das mais modernas da América Latina. Atualmente, ela conta com duas unidades em São Paulo, sendo a primeira do Ocidente a conquistar a certificação JCI (Joint Commission International), o mais importante selo de qualidade mundial para instituições de saúde.  No segundo semestre de 2015, o Grupo abriu a Omint Seguros para operar no ramo de seguro de pessoas. A empresa comercializa seguros de vida em grupo, seguros de vida individual e seguro viagem.  O Grupo Omint faturou R$ 1.4 bilhão em 2017, resultado de crescimento orgânico e sustentável.


Leia também

0 comentários
Comentar
Carregar mais

Deixe seu comentário Você pode optar por ficar anônimo, usar um apelido ou se identificar. Participe! Seus comentários poderão ser importantes para outros participantes interessados no mesmo tema. Todos os comentários serão bem-vindos, mas reservamo-nos o direito de excluir eventuais mensagens com linguagem inadequada ou ofensiva, caluniosa, bem como conteúdo meramente comercial. Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.