fechar
Comentar
Publicado por Blog do Corretor

Amil lançará, nesta segunda-feira (14,) sua nova grade de produtos e o novo momento da empresa

Amil lançará, nesta segunda-feira (14,) sua nova grade de produtos e o novo momento da empresa


SÃO PAULO - Para lançar o prometido “novo momento da empresa”, a Amil realizará no próximo dia 14 (segunda-feira), na sede da operadora, no Morumbi, um almoço-coletiva para uma lista seleta de jornalistas, entre eles o Blog do Corretor.



O evento, que também sinaliza uma nova relação da Amil com a imprensa especializada – aquela que vai além do jornal Valor Econômico – contará com a participação dos executivos da operadora, Carolina Lorenzatto, diretora de Produtos, e Fabio Almeida, diretor de Growth.



Na ocasião, os executivos apresentarão, em primeira mão, a nova grade de produtos.



E nós, também em primeira mão, contaremos tudo para você, aqui.


Leia também

20 comentários
Comentar
Anônimo

Minha mae pertence a amil ha 30 anos e sempre foi bem atendida . Lamento apenas os descredenciamento que o plano 600 vem sofrendo principalmente a clinica Sao Jose ( Humaita)para emergencia cardiologica . ??

PARA VOVÓ

Vovó , já ouviu falar de órgão de defesa do consumidor ?

Já ouviu falar de Ministério Público ?

Já ouviu também da justiça comum ?

Quer uma sociedade melhor, faça sua parte. Ninguém vai levantar essa bandeira pra você.

Quem vai ter de dar o passinho, é você mesma !

Vovó

Tenho plano com quarto individual e o hospital que antes tinha esses aptos,reformaram e agora só enfermaria, e não credenciaram outro no meu municipio, onde os medicos cirurgioes so atendem nesse hospital.Na internação tenho que assinar um termo que aceito essa situação, mas nada é descontado do meu boleto mensal..os planos so visam lucro e assim vão rebaixando em qualidade independente do que diz o contrato..

Horácio

Tá com moral hein, blogueiro!
Vai lá e conta tudo p gente.
Curioso p lançamento.
Bora de Amil

Cão Chupando Manga

Tinha tempo que eu não mandava o meu recado poraqui e não foi por falta de vontade. Tem cada comentário que me deixa pinicando os dedos, como esse do Vagner por exemplo que postou o endereço do seu bonito site aí no rio de janeiro. Vagner, me amigo eu concordo com você em partes. Plano de saúde é sim pra quem pode,pra quem tem dinheiro pra pagar. Por outro lado, quem tem gratuidade é o estado? ô Vagner, o estado foi assaltado por uma quadrilha de milicianos com sede aí no Rio. Além dos investimentos da quadrilha no ramo imobiliário eles ainda tinham a rachadinha, o laranjal e o bosonarcotráfico em avião da fab. Como o estado vai oferecer saúde gratuíta?

André

COMENTÁRIO REMOVIDO

Vagner
www.convenios.bvcorretora.com.br

Bom minha opinião que plano de saúde e para quem pode pagar e serviço. As empresas tem ter rentabilidade que não pode não compre .Quem tem gratuidade o estado

Danuza Ryzzi Pereira

TOmaara que tenha novidades com relação a seriedade em seguir o que mandam as liminares e pague reembolsos como mandam os juízes em cada caso, pois o descaso com seus usuários nesse quesito está uma vergonha!

Zé Kri Kri

Lamento muito pela triste situação da senhora Bárbara, que pelo relato deve está até passando fome. Mas nada é por acaso, dona Bárbara, aposto que a senhora votou nesse jumento que hoje está envergonhando o país. Saiba que além de toda essa sua triste situação, que nem o plano pode pagar, também não vai ter aposentadoria. O seu mito tirou até isso da senhora e de seus filhos. E ainda que que a gente acredite que a terra é plana.
Sô kri kri má num sô bobo

Bárbara

Realmente o plano é muito caro pago R$989,00 e os remédios são caríssimos qd temos q comprar. Eles aproveitam pq os hospitais públicos estão uma porcaria. Estou vendo q daqui a pouco vou deixar de comer. Sem contar que qd acostumamos com médico eles tiram ou senão a consulta ou o exame é marcado com 2 ou 3 meses. Estou com o meu salário há 10 anos e não tenho aumento a muitos anos.

Valdecy Nogueira de Araújo

Tomara que venha com boas novidades, planos competitivos, boa comissão e campanhas de vendas, claro.

Ingrid

COMENTÁRIO REMOVIDO

Ingrid

Triste pagar tão caro pelo plano básico dos básicos (480,00) e a Amil está descredenciando algumas clínicas e hospitais ( ou continuará atendendo somente os planos topíssimos ) .
Aqui onde moro só tem pronto socorro no Hospital Santa Helena.... Quer dizer... pago Amil e uso o Santa Helena.
Então qual a lógica, pagar Amil uma vez que custa 3 vezes mais que o Santa Helena ?!?!
Ou vou mudar para Santa Helena, ou...
Tem convênios bons por aí cobrando esse mesmo valor em planos tops que terei atendimento em 3 ou 4 hospitais na minha cidade.
Já estou cotando para mudar o mais breve possível.

Sandra

Realmente a Amil precisa mesmo arrumar planos mas planos de saúde de verdade , pessoa física .
Todo produto que lança não dá seis meses não tem mais , fora que pagamos muito caro por pouco atendimento e opção de hospital .

Cecília

COMENTÁRIO REMOVIDO

Nubia

Amil está cobrando um plano muito caro pois meu filho tem 17 anos e pago plano de 448.00 !! Acho um absurdo!! Aumento abusivo!!

Marta Fonseca

Gostaria tb de saber o porquê a Amil está descredenciando mais Hospital , clínicas e médicos ao invés de fazer o contrário a favor dos segurados e profissionais!
Se o profissional que está n gosta , tire ele mas ponha outros e ajude quem pague !!

Ana Banhado

Espero gerar planos com valores menores,tenho o Amil 400 e tô pensando em cancelar..muito caro

Roberto
Amil

Gostaria de saber porque a Amil têm descredenciado os grandes e melhores hospitais, deixando seus clientes sem opção dê escolher onde e com que médico se tratar??

Hubble

Tão boa quanto a notícia, foi a sensação de ler uma notinha tão simples, mas tão bem escrita. Parabéns ao Blog por ser o primeiro que traz ao mercado uma notícia de tamanha importância. Gostamos de todas operadoras e torcemos pela Amil. Somente os desprovidos de inteligência podem pensar diferente. Saúde e paz!

Carregar mais

Deixe seu comentário Você pode optar por ficar anônimo, usar um apelido ou se identificar. Participe! Seus comentários poderão ser importantes para outros participantes interessados no mesmo tema. Todos os comentários serão bem-vindos, mas reservamo-nos o direito de excluir eventuais mensagens com linguagem inadequada ou ofensiva, caluniosa, bem como conteúdo meramente comercial. Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.