fechar
Comentar
Publicado por Blog do Corretor

ANS e Fiocruz unidas no enfrentamento à Covid-19

ANS e Fiocruz unidas no enfrentamento à Covid-19


Em reunião na quinta-feira, 01/04, foram debatidas ações conjuntas em prol da sociedade



A Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) promoveu, na manhã da quinta-feira (01/04), uma reunião virtual com representantes da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz). Na pauta, medidas do setor de planos de saúde que possam colaborar de forma ainda mais efetiva para o combate à pandemia de Covid-19 e para o fortalecimento do sistema de saúde brasileiro.



“O objetivo dessa aproximação é unir esforços e definir ações concretas que possam ser adotadas em prol de toda a sociedade. É fundamental que todo o sistema de saúde esteja alinhado e comprometido no combate a essa pandemia”, ressaltou o diretor-presidente da ANS, Rogério Scarabel.



Em seguida, o diretor de Normas e Habilitação das Operadoras, Paulo Rebello, falou que o maior envolvimento do setor de planos de saúde no combate à Covid-19 foi tema de conversa recente com o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga: “Vamos ter uma reunião de diretoria com o ministro para aprofundar o assunto, mas já queremos identificar como o setor pode contribuir e nos colocar à disposição da Fiocruz”, enfatizou Rebello.



A presidente da Fiocruz, Nísia Trindade, falou da importância da contribuição do setor privado para as ações de saúde e destacou que há diferentes frentes de atuação possíveis. “A sociedade tem que estar mesmo mobilizada, mas é preciso ter um direcionamento de como atuar”, pontuou. “A aquisição de IFA (ingrediente farmacêutico ativo) para a produção interna e a vinda de mais vacinas prontas são de grande importância neste momento. Mas temos que considerar que há uma crise de oferta de vacinas em todo o mundo, então é preciso uma maior aproximação com governos de países produtores para que autorizem suas fábricas a liberar parte de sua produção ao Brasil”, explicou.



Segundo Nísia Trindade, a Fiocruz segue com a produção de vacinas e a expectativa é que será possível ampliar a cobertura vacinal a partir de maio. Até julho, a Fiocruz pretende atingir 45 milhões de vacinas produzidas.



ANS e Fiocruz farão novas conversas, assim como a ANS fará reuniões com os integrantes da saúde suplementar, para que ações sejam implementadas com a maior brevidade possível.



Também participaram da reunião, pela ANS, a chefe de Gabinete, Lenise Secchin, e a diretora-adjunta de Normas e Habilitação dos Produtos, Carla Soares; e pela Fiocruz, o vice-presidente de Gestão e Desenvolvimento Institucional, Mario Moreira, o Chefe de Gabinete, Juliano Lima e o Assessor Especial da Presidência, Carlos Maciel.


Leia também

0 comentários
Comentar
Carregar mais

Deixe seu comentário Você pode optar por ficar anônimo, usar um apelido ou se identificar. Participe! Seus comentários poderão ser importantes para outros participantes interessados no mesmo tema. Todos os comentários serão bem-vindos, mas reservamo-nos o direito de excluir eventuais mensagens com linguagem inadequada ou ofensiva, caluniosa, bem como conteúdo meramente comercial. Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.