fechar
Comentar
Publicado por Blog do Corretor

ANS realiza audiência pública sobre contratualização dos planos de saúde

ANS realiza audiência pública sobre contratualização dos planos de saúde


Consulta à sociedade visa avaliar necessidade de aprimorar a relação entre operadoras e prestadores



Enviado pela Gerência de Comunicação Social da ANS



RIO DE JANEIRO - A relação contratual entre operadoras de planos de saúde e prestadores de serviço é tema de debate constante entre esses dois atores no setor, por isso a Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) vai realizar, no dia 22/03, no Rio de Janeiro, uma audiência pública para ouvir a sociedade sobre a necessidade de revisão ou aprimoramento da regulação acerca da contratualização dos planos. A agenda também visa compartilhar os subsídios colhidos na Câmara Técnica de Contratualização e Relacionamento com Prestadores (CATEC), que desde outubro de 2018 tem debatido o tema com o setor e órgãos públicos.



Instituída pela ANS, a CATEC tem em sua composição integrantes de cerca de 30 órgãos e entidades do governo, além do Ministério Público Federal, Conselho Administrativo de Defesa Econômica (CADE), Câmara de Regulação do Mercado de Medicamentos (CMED) e Ministério Público do Consumidor (MPCON). Foram realizadas três reuniões até o momento e o último encontro acontecerá no dia 21/03, um dia antes da audiência pública. A câmara foi instaurada para identificar quais medidas regulatórias podem ser aplicadas para aprimorar a relação entre operadoras e prestadores, dentre elas a revisão das regras sobre contratualização.



Ao longo das reuniões foram identificados problemas regulatórios acerca do relacionamento entre operadoras e prestadores, que serão apresentados durante a audiência pública, envolvendo temas como: remuneração de materiais e medicamentos de uso hospitalar; dificuldades na negociação contratual; casos de inadimplência (glosas sobre o faturamento, não-pagamento e aplicação irregular do reajuste previsto); adoção da Tabela TUSS (terminologia do setor); rescisão de contratos; utilização de tabelas de referência para remuneração; subnotificação das irregularidades pelos prestadores de serviço; e o tratamento das OPMEs, entre outros.



Apesar de a ANS não ter competência regulatória para definir a relação entre as empresas e nem impor qualquer delimitação comercial entre as partes, a proposta é encontrar soluções menos intervencionistas e mais indutivas, harmonizando a relação em prol de uma construção conjunta para o setor. "Cabe à Agência olhar para esse tema para evitar que problemas dessa relação possam impactar a qualidade da prestação do serviço. É importante aproximar as partes para chegarmos a um ambiente de regulação cada vez melhor", explica o diretor de Desenvolvimento Setorial, Rodrigo Aguiar.



Audiência Pública sobre Relacionamento e Contratualização entre Prestadores de Serviços de Saúde e Operadoras de Planos Privados de Assistência à Saúde



Data: 22/03/2019, das 9h às 18h



Local: Auditório da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado do Rio de Janeiro (FECOMÉRCIO – RJ)



Rua Marquês de Abrantes, 99, Térreo - Flamengo, Rio de Janeiro – RJ.



Clique aqui para se inscrever na audiência pública



Confira aqui as pautas e materiais apresentados durante a CATEC


Leia também

0 comentários
Comentar
Carregar mais

Deixe seu comentário Você pode optar por ficar anônimo, usar um apelido ou se identificar. Participe! Seus comentários poderão ser importantes para outros participantes interessados no mesmo tema. Todos os comentários serão bem-vindos, mas reservamo-nos o direito de excluir eventuais mensagens com linguagem inadequada ou ofensiva, caluniosa, bem como conteúdo meramente comercial. Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.