fechar
Comentar
Publicado por Emmanuel Ramos de Castro

Grupo Géia escolhe sítio isolado para confraternização com corretores




São Paulo - Neste sábado (31), último dia do primeiro mês do ano, o sol disputou espaço com as nuvens e o dia, apesar de instável, foi de calor e alegria no recanto escolhido pela Geia para o congraçamento dos seus corretores e colaboradores.



O sítio, encravado em uma remota área montanhosa da região de Cotia, ofereceu a infraestrutura necessária para um encontro durante o qual a alegria, a descontração, o lazer e a informalidade,  aproximasse ainda mais aqueles com quem a administradora mantém relacionamento comercial, por vezes, à distância.



Alguns preferiram uma conversa mais reservada, em um dos quiosques que integravam a estrutura do jardim; outros sentaram-se à mesa, como uma grande família; outros ainda preferiram se jogar na piscina, enquanto eram observados por um atento profissional especializado em salvar vidas.



Apesar de o momento ser de lazer e de descontração, não perdemos a oportunidade de trabalhar e convidamos Sandra Maria, presidenta do Grupo Geia, que ao lado de Paulo Costa, consultor de projetos,  concedeu a seguinte entrevista.





Blog do Corretor:

Como foi o ano de 2014 para a Géia?



Sandra Maria: 

Razoável(!) Nós tivemos algumas situações... Nós não atingimos o objetivo que propusemos em 2014 para entrega em 2015. Acredito que nós fizemos a lição de casa, corrigimos os nossos caminhos, temos novas pessoas integrando a equipe, buscamos cada vez mais aproximar o corretor da marca Geia, estamos promovendo mais algumas ações internas que nos direciona novamente para os nossos objetivos. Agora está ficando bom e vai ficar melhor. 



Blog do Corretor:

E o que você espera para o ano de 2015?



Sandra Maria:

Olha, tudo aquilo que a gente sempre quis ter: muita seriedade, muito trabalho, muita parceria, uma venda com qualidade e que o nosso crescimento continue sendo sustentável. Nós iríamos lançar em 2014 (sic), um processo que nós chamamos de Selo Qualidade Géia. Esta foi uma das nossas frustrações, mas já retomamos em 2015, porque não se pode nesse mercado trabalhar sem uma [inaudível]. Eu costumo dizer para todas as pessoas que trabalham conosco, que através de cada proposta (sic) que entra, tem uma família. Tem pessoas que estão depositando confiança em nós. Nós tivemos muitas situações em que essas pessoas não estavam sendo respeitadas. E na própria forma de trazê-los para dentro da nossa casa. Não estava correta. E nós precisamos nos realinhar para vender muito, mas que essas pessoas [clientes] venham sabendo exatamente o que elas têm, o que elas compraram, que elas fiquem satisfeitas e que nós possamos crescer com sustentabilidade. É esta a nossa meta. E hoje nós estamos com uma equipe muito boa, temos muita gente boa no Canal de Vendas, que trabalha conosco e que eu tenho certeza de que nesta nova linha estarão conosco.



Blog do Corretor:

Alguma nova contratação na Géia?



Sandra Maria:

Sim, aqui o Paulo [apontando para Paulo], o Alberto, que não pôde estar presente hoje, são pessoas que respondem pela área de projetos da nossa empresa, área comercial e área de gestão de saúde, integradas. São pessoas extremamente competentes, que não vêm do mercado de venda, mas vêm do trabalho junto às operadoras e estão conseguindo trazer exatamente aquilo que a empresa precisa: qualidade, segurança, agilidade, desenvolvimento de ferramenta... para que a gente consiga atingir os nossos objetivos a partir de 2015.



Blog do Corretor:

Com relação ao crescimento da carteira de clientes da Géia, você pode revelar números?



Sandra Maria:

Então, nós não crescemos em 2014. E por isso nós tivemos em 2014. E por isso... na verdade, nós recuamos um pouco. Até porque não era daquela forma que a gente queria. Havia números, havia entrada, mas não era da forma que nós precisávamos e nem da forma que as seguradoras, operadoras e as pessoas precisam. Foi necessário rever tudo. Formato, treinamento, comprometimento, visão de qualidade, tudo. E esta lição nós fizemos.



Blog do Corretor:

Então, agora...



Sandra Maria:

Agora nós vamos. Mais tarde eu te falo, "Crescemos xis". Você sabe que alguns projetos em 2014 deixaram de existir porque foram necessários. Foram necessários, para o Grupo ficar mais forte (sic).



Blog do Corretor:

E com relação às campanhas de vendas, a Géia continua resistente ao "vendeu levou"? [Referência às campanhas com prêmios em dinheiro]



Sandra Maria:

O que a gente pode fazer são campanhas que estão dentro do processo financeiro.



Blog do Corretor:

Para ser um sábado à tarde e um dia em que o sol e as nuvens disputam espaço, parece que aumentou o número de parceiros.



Sandra Maria:

Na verdade todos já são nossos parceiros. O que a gente queria aqui era trazer aquele que efetiva a venda. Dessa vez não foi um encontro muito sofisticado, mas sim num lugar em que eles ficassem muito à vontade.  E nós queríamos trazer aqui aquele que vai lá na casa do cliente e efetiva a venda.



Blog do Corretor:

E no projeto comercial, pilotado pelo Paulo e pelo Alberto, tem alguma coisa nova?



Sandra Maria:

[Fez-se alguns segundos de silêncio, e, após uma rápida troca de olhares, entre Sandra e Paulo a resposta] Tem(!) A gente tem muita novidade em se tratando de ferramenta e tecnologia que vai melhorar o sistema. [E Paulo intervém]



Paulo:

A Géia está considerando todas as etapas do processo. Além do comercial, o corretor em si e o corretor, também. Então, esse evento serve também para a gente sentir quais são os nossos parceiros, fortalecer essa parceria e passar o respaldo também para aqueles que nos trazem a venda de que todo processo interno e... quando ele vai até um possível beneficiário vender um plano de saúde, ele também leva uma perspectiva de que ele está oferecendo um produto de qualidade e o cliente está se filiando a uma administradora que preza pela sua permanência nos planos de saúde. Blog do Corretor: A Géia teve algum dos seus produtos suspensos pela ANS?



Sandra Maria:

Não(!) Todos os que a gente tem são comercializados normalmente. Hoje, somos talvez a mair carteira da Unimed Fesp



Paulo:

As operadoras, que têm produtos na nossa grade, pode, sim, ter tido algum problema com a ANS, mas, não, os produtos que são comercializados pela Géia.



Blog do Corretor:

Eu gostaria que, em poucas palavras, vocês mandassem um recado para os parceiros da Géia, para o mercado de um modo geral.



Paulo:

O que eu tenho para dizer aos nossos parceiros é que todas as expectativas que eles têm, com relação ao respaldo que Géia pode dar, criada pela demanda que o nossos corretores geram, eles vão ter. Não só após a entrega [do contrato], mas antes da entrega. Tudo que estamos pensando para a Géia é no processo como um todo. Até negociações com as operadoras para que possamos alcançar um produto ainda melhor. E nós queremos compartilhar essa melhoria com o Canal de Vendas. Este é o meu recado.



Blog do Corretor:

E o seu, Sandra?



Sandra Maria:

O que eu tenho para dizer ao mercado é que a nossa empresa continua com as mesmas características. Trabalhando muito, tentando levar para o mercado as melhores condições e crescer com sustentabilidade. Para o mercado em si, o que nós estamos organizando? A equipe comercial está treinando profissionais que serão Gestores de Contas. Ou seja, essas Corretoras hoje terão apoio interno de alguém personalizado para elas. Então, determinadas Corretoras responderão para uma única pessoa. Ou seja, apoio integral. Orientação, material, informações, campanhas... uma série de condições que vão permitir a tranquilidade dele. Como eu costumo dizer, nós não somos os maiores, mas lutamos muito para ser os melhores. Outra coisa que é muito importante eu falar para você: Nós tínhamos feito, há dois anos, a UniGéia [Nota do Blog: referência a um projeto de formação de corretores, modelo que vem sendo abraçado cada vez mais por outras Corretoras. Barela vem aí com um projeto nessa linha], você deve lembrar do UniGéia, então, nós não tivemos muito sucesso de adesão, porque nós começamos chamando todos os corretores e de repente isso causou uma certa preocupação para algumas pessoas como se nós tivéssemos uma estratégia diferente para o corretor deles. Não(!) A Géia não tem corretor entregando direto. Ela quer dar. A nossa intenção é melhorar a capacidade pessoal, profissional dessa pessoa para que ela possa evoluir nas suas [inaudível], independente quais sejam. E que a Corretora se fortaleça. Então nós vamos retomar esse projeto.



Blog do Corretor:

Eu agradeço muito o convite para estar aqui, agradeço aos dois pela entrevista, mas eu gostaria de finalizar mesmo com mais uma pergunta que me intriga. A Géia é uma empresa que está firme e forte, desde o ano de 2000, há quinze anos atuando no mercado como administradora, se não crescendo, mas mantendo a sua carteira bem administrada, no entanto a empresa tem uma postura assim como... uma donzela muito refinada [risos], e pelo que me consta a Géia não tem inimigos, o mercado não a vê como ameaça. Você tem alguma fórmula para se manter num mercado tão competitivo sem agredir?



Sandra Maria:

[Risos] Nós não batemos de frente com ninguém. Nós queremos parceria. Aquele que está em paralelo conosco, desejamos sucesso. E tem espaço para todo mundo. Eu adoro trabalhar. Acordo cedo e não tenho hora para voltar para casa. Poderíamos estar muito maior? Poderíamos, sim. Recebemos ofertas financeiras maravilhosas, mas não é isso que nos move.



Blog do Corretor:

Então, eu espero que você continue assim, feliz; que a Géia continue a fazer pessoas felizes e o dinheiro continue sendo a consequência do trabalho maravilhoso que você, com sua equipe, vem fazendo.



Sandra Maria:

Eu não tenho dúvida disso. Muito obrigado.





 



 



 



 



 



 



 



 



 



 


Leia também

3 comentários
Comentar
paulo nunes

Gostei de ver todos se divertindo,isso é bom,faz bem para saúde afinal não é só vender o ano todo, mas dar um descanso para corpo e mente,todos brincaram espero estar ai no próximo encontro há gostaria de dizer para Sandra nossa presidente que lute pela volta da acetação de carência junto a Fesp,estamos perdendo muito plano,abraço a todos corretores vcs merecem.

Fica todos com Deus e boas vendas em 2015

Princepe Paulo

Silmara

Pena que num foi todo mundo da minha corretora mais foi muito boa a ideia da Geia de fazer o encontro de forma tão pessoal. Silmara

Amei tudo e foi muito divertido.

Carregar mais

Deixe seu comentário Você pode optar por ficar anônimo, usar um apelido ou se identificar. Participe! Seus comentários poderão ser importantes para outros participantes interessados no mesmo tema. Todos os comentários serão bem-vindos, mas reservamo-nos o direito de excluir eventuais mensagens com linguagem inadequada ou ofensiva, caluniosa, bem como conteúdo meramente comercial. Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.