fechar
Comentar
Publicado por Blog do Corretor

Investimento no bem-estar dos colaboradores e inovação asseguram produtividade em ano de pandemia

Investimento no bem-estar dos colaboradores e inovação asseguram produtividade em ano de pandemia


Por Lúcio Nunes e Rafaella Martinez



Menos reuniões às sextas-feiras, melhora na infraestrutura de home office, pesquisas internas e conteúdo informativo pautam ações de empresas que mantiveram a produtividade em 2020, como a Nunes & Grossi Benefícios, sediada em Santos (SP).



Manter a produtividade no conturbado ano de 2020 continua sendo um dos principais desafios para as empresas em todo o mundo. Em uma análise global, aquelas que recorreram à inovação e, ao mesmo tempo, não abriram mão da preservação da saúde física e mental de seus colaboradores têm se destacado ao colher resultados positivos.



Sediada em Santos (SP), com filiais em São Paulo (SP), Rio de Janeiro (RJ) e Brasília (DF), além de atuar em outras cidades do país por meio de plataformas parceiras, a Nunes & Grossi Benefícios é um exemplo deste tipo de abordagem corporativa. Sua mais recente ação é a campanha “Foco na Sexta N&G”, que incentiva seus mais de 80 colaboradores a não realizarem reuniões internas (atualmente por meio de conferência online) às sextas-feiras.



A ideia surgiu após a diretoria de Recursos Humanos ter identificado uma sobrecarga na equipe, especialmente nas lideranças, com a proximidade do fim da semana. De acordo com a nova diretriz, as sextas-feiras devem preferencialmente ser utilizadas para resolução de demandas ainda em aberto por conta de urgências durante a semana e organização da semana seguinte.



Em regime de home office desde meados de março – previsto até o final de 2020 –os 80 colaboradores da empresa têm sido consultados periodicamente para que a atual transição interna e as transformações causadas pelo ano atípico sejam enfrentadas em sinergia, priorizando a excelência do atendimento e o bem-estar da equipe.



A  implementação  de  uma  ajuda  de  custo  visando  a  melhoria na estrutura do ambiente doméstico para a execução do trabalho, o investimento em conteúdo e suporte (desde exercícios laborais até acesso a novas plataformas digitais) e diversas campanhas internas para promover a integração da equipe, mesmo à distância, são outras iniciativas bem-sucedidas realizadas recentemente.



Motivação, fortalecimento da cultura da empresa e flexibilidade



O estudo “Produtividade e os Dias da Semana”, publicado em 2008 pela London School of Economics e Political Science, é um dos que sugerem a importância de uma abordagem corporativa diferenciada às sextas-feiras:



“(...) É compreensível que a produtividade decline no decorrer da semana, como um resultado do desgaste acumulado (...) Por outro lado, a proximidade do fim de semana pode resultar em níveis maiores de motivação da equipe, especialmente se uma necessidade ou vantagem for percebida ao completar as tarefas restantes” antes da folga(...)



Já em relação à produtividade em home-office, um artigo publicado no último mês de julho, pela norte-americana McKinsey & Company, uma das mais importantes consultorias de gestão do mundo, lembrou que 62% dos norte-americanos empregados trabalhavam de casa no mês de abril. Destes, 80% aprovavam a experiência, enquanto 41% consideravam-se mais produtivos:



(...) Muitos colaboradores liberados de longos deslocamentos e viagens encontraram maneiras mais produtivas de lidar com o tempo, desfrutando de mais  flexibilidade  para  equilibrar  sua  vida  pessoal  e  profissional  (...) Em contrapartida, muitas organizações percebem que podem acessar novos talentos com menos restrições de localização, adotando processos inovadores para aumentar a produtividade, criar uma cultura ainda mais forte e até reduzir significativamente os custos imobiliários (...)"


Leia também

0 comentários
Comentar
Carregar mais

Deixe seu comentário Você pode optar por ficar anônimo, usar um apelido ou se identificar. Participe! Seus comentários poderão ser importantes para outros participantes interessados no mesmo tema. Todos os comentários serão bem-vindos, mas reservamo-nos o direito de excluir eventuais mensagens com linguagem inadequada ou ofensiva, caluniosa, bem como conteúdo meramente comercial. Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.