fechar
Comentar
Publicado por Emmanuel Ramos de Castro

O Crescimento do Pequeno


.

Cada vez mais sofisticada e cara, a saúde tornou-se um benefício importante que as empresas oferecem para conquistar e fidelizar seus funcionários. Tanto que os planos empresariais, especialmente aqueles direcionados para as Pequenas e Médias Empresas (PMEs), formam o segmento que mais cresce na carteira das seguradoras. Na SulAmerica, por exemplo, a carteira aumentou 37% em 2011. Para ganhar clientes e reduzir custos, as operadoras estão investindo na prevenção, especialmente de doenças crônicas, "ensinando" a cuidar da saúde antes que o mal se torne maior. Eficiência na gestão e tecnologia também são ferramentas de produtividade.

Com 26 mil doentes crônicos vinculados a seus planos, a SulAmerica lançou em 2011 um programa de controle da obesidade. "Estamos lidando com isso de maneira muito intensiva", explica Maurício Lopes, diretor técnico e de produtos de saúde da seguradora. Segundo ele, a conta é simples: se conseguirmos impedir uma cirurgia, por exemplo, a economia se reverte em um reajuste anual menor para o paciente. "Os contratos corporativos são reajustados com base na sua sinistralidade", explica.

Claudio Brabo, diretor comercial e de marketing da Golden Cross afirma que houve aceleração da inflação médica desde o último trimestre de 2011 e sugere que as operadoras concentrem esforços em eficiência de processo. "Encerramos 2011 com uma despesa administrativa correspondente a 10% do faturamento, taxa bastante eficiente em se tratando de uma empresa de medicina de grupo", explica. Investir em tecnologia para chegar cada vez mais a um processo eficiente também tem sido outra estratégia da companhia.

O setor de saúde suplementar registrou alta de 12,5% em 2011 ao atingir um faturamento de R$ 89 bilhões. "O mercado ainda tem muito a crescer", prevê Marcio Coriolano, presidente da Federação Nacional de Saúde (FenaSaúde). Segundo pesquisa realizada pelo Datafolha para o Instituto de Estudos de Saúde Suplementar (IESS), em 2011, o plano de saúde é o segundo bem mais desejado pela população, logo depois da casa própria.

O Seguro Saúde Bradesco, por exemplo, fechou o ano passado com crescimento de 20,9% no faturamento ao atingir R$ 8,5 bilhões com uma carteira de 3,5 milhões de vidas, o que significou uma alta ao redor de 15%. "O seguro de pequeno grupo (SPG) para micro e pequenas empresas cresceu mais de 30%", diz Coriolano que também é presidente da Bradesco Seguro Saúde. "O que antes era prioridade de grandes empresas agora também passou a ser uma demanda das PMEs", completa. A perspectiva é que em 2012 a receita aumente entre 12% e 15%, e o número de vidas dê um salto de mais 10%.

.

Por Rosangela Capozoli


______________________________________________________________

.

E você, corretor, conta, agora, com mais um nicho do mercado a explorar.

Padarias, Transportadoras e Auto-Escolas, estão obrigadas, por força de Lei, a oferecer plano de saúde para os seus funcionários.

Mãos à obra!

_____________________________________________________________________



.

Mas, se por um lado o produto para Pequena e Média Empresa (menina dos olhos das Operadoras/Seguradoras) crescem, por outro, tudo indica que haverá um freio. Pelo menos se depender da ANS, que, segundo apuramos, resolveu voltar os olhos para essa modalidade de plano empresarial. Segundo informações a Agência reguladora não está gostando nada de ver duas pessoas físicas acomodadas num plano de saúde na condição pessoa jurídica. Vamos aguardar.

______________________________________________________________________

[E como fazemos, sempre às terças-feiras, reproduzimos aqui um fragmento do que você pode encontrar no site SaudeGeia, mantido pelo Dr. Leandro Romani de Oliveira e pela enfermeira Renata Bacalhau].


.


Hemofilia, o que é? Como acontece? Para que essas e outras perguntas sejam respondidas é necessário saber sobre os fatores de coagulação, então vamos conhecer mais.LEIA

Leia também

2 comentários
Comentar
Anônimo

Moderador, essa lei tá publicada aonde ?

Pode mandar no meu email por favor :
sergio.magalhaes@theocorretora.com.br

Abraço

.
RESPOSTA
Prezado Sérgio.
Peço que você tenha um pouquinho de paciência até que eu me lembre onde deixei o link ou a matéria.
Assim que encontrar, passarei pelo seu e-mail.
Um abraço,
Moderador

Anônimo

E agente vai vivendo assim entre uma noticia boa e outra ruim. Mais eu vou fazer a minha parte, e vou procurar padaria, tansportadora autoescola enfim vou mandar bala. Preciso vender né? Fuiiiiii

Carregar mais

Deixe seu comentário Você pode optar por ficar anônimo, usar um apelido ou se identificar. Participe! Seus comentários poderão ser importantes para outros participantes interessados no mesmo tema. Todos os comentários serão bem-vindos, mas reservamo-nos o direito de excluir eventuais mensagens com linguagem inadequada ou ofensiva, caluniosa, bem como conteúdo meramente comercial. Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.