fechar
Comentar
Publicado por Emmanuel Ramos de Castro

Qualificando o Corretor


Desde o seu início,  em abril de 2003, a ACOPLAN, tem trabalhado pelo desenvolvimento profissional e a especialização na comercialização e distribuição dos planos de saúde pelos seus associados. Dessa forma, foi criado, com o apoio das Operadoras e participação das Corretoras,  o Programa de Aperfeiçoamento para Corretores de Planos de Saúde, que veio suprir uma lacuna, pois não existia nada que fosse específico para quem vendia Planos de Assistência Médica e ou Odontológica.



Para viabilizar o projeto, a ACOPLAN procurou o SENAC, cuja expertise na área educacional é inquestionável e a partir daí o nosso mercado passou a ter um Programa de Aperfeiçoamento, cuja primeira turma aconteceu em Junho de 2004 e de lá pra cá mais de 1.800 alunos inscritos atestaram o interesse e a qualidade do Programa.



Apesar da quantidade de participantes, temos muitos vendedores que desconhecem a existência de um curso desenvolvido especialmente para eles ou que acham que não teriam condições financeiras de participar. O Investimento é pequeno considerando o valor dos cursos do SENAC.



O curso é sempre atualizado e o corpo docente é constituído por profissionais com experiência pedagógica e com vivência na saúde suplementar.



As inscrições estão sempre abertas, pois o interessado faz a pré-reserva, para quando abrirmos uma nova turma. A próxima acontece em junho e  ainda restam algumas vagas.



Sobre as aulas: 1 vez por semana, às  sextas-feiras, das 8h30 às 12h30, no SENAC Tiradentes. Carga horária: 32 horas



Os alunos recebem ao final o certificado do SENAC e a Carteira de Identidade ACOPLAN.



Conteúdo Programático Módulo Corretor


.










































AulaDISCIPLINA
.
1Legislação dos Planos de Saúde (Lei 9656/98), Código de Defesa do Consumidor
2Sistema de Saúde Privada, Evolução, Medicina Suplementar
3Técnicas de Vendas e Ética nos Negócios
4Telemarketing, Mkt Pessoal, Políticas de Relacionamentos; Adm.Tempo
5Neurolinguística
6Motivação Pessoal
7Palestra: Planos Odontológicos / Prevenção
8Prova/Trabalho

.


Os vendedores que forem indicados pelos associados e parceiros (Corretoras e Operadoras) têm desconto especial.



Maiores informações pelo e-mail:  secretaria@acoplan.org.br ou pelos telefones: (011) 3333.4800 e 3333.4475.


.
Acoplan - Associação dos Corretores de Seguros e Planos de Saúde e Odontológicos do Estado de São Paulo é uma entidade sem fins lucrativos. Tem a função, entre outras, de promover o desenvolvimento profissional e especialização na comercialização e distribuição de produtos e serviços que sejam representados pelos seus associados, bem como certificar todos os profissionais que realizem cursos de qualificação profissional e escreve às sextas-feiras no Blog do Corretor.

Leia também

40 comentários
Comentar
PCC

Vai fundo Moderador, afinal cultura e informação não adoece ninguém.

Quanto a "comiçao" ( comissão ) ou "faiz" ( faz ) , não sou dono de corretora não.

Mas estudo e me informo antes de escrever ou falar besteira.

Em defesa do Corretor de saúde

Para PCc
Vc deve ser um desses donos né???
Da golpe na gente ,troca de nome ,faiz janela de comiçao...
Blogueiro continua assim .investiga tudo!!!!
Parabéns pra sua coragem

PCC

"CORRETOR SAÚDE", muda de nick pq corretor vc não é.

Se fosse saberia pq uma corretora não emite para uma seguradora.

Ou vc acha mesmo que uma acordinho entre diretores ia fazer com que uma seguradora deixasse de exigir nota ?

Logo um Bradesco, uma Porto, uma Sul América, Marítima...

Em vez de vc ficar aí cuidando do arquivo da corretora e escrevendo besteira, pq não estuda ?

Essa foi dose hein Moderador.

Como diz o outro, formulário e papel aceitam tudo !

Corretor de saude

Sabe pq as corretoras estão desesperadas?
Pq nao emitiam nota apoiadas pelas seguradoras e emitiam notas de debito para operadoras e o Sincoplan resolveu denunciar isso.
Sr blogueiro vc poderia postar uma matéria investigativa sobre o tema.
Tive acesso a um talão de nota de uma das maiores de SP e nao vi nota para sulAmerica Bradesco Intermédica Unimed ,e me disseram q para estas empresas nao emitem pois tem um acordo com os diretores para nao emitir.
Parece q o Sincoplan descobriu isso e resolveu tomar um dinheiro fácil .
Tens coragem???

Corretor de Seguros

Prezado Corretor, obrigado pela sua participacao.
Em relacao ao mencionamento de apobrinha, foi plenamente simbolico, ou seja, de tantas postagens sem fundamento e sem objetivo construtivo tentei montar um quebra cabeca e ao menos sugar algo de bom destas escritas, para quem sabe pudessemos entender melhor as ideias dos vendedores e quem sabe apresentar novas ideias beneficas a todos, porem de quase toda leitura desta especifico assunto postado, tornou-se impossivel tirar algo de bom e criar algo. Abracos.

Corretor

Realmente será muito dificil fazer caldinho de apobrinhas.
Alias o que são Apobrinhas Sr. Corretor de Seguros?

Concordo com o Corretor de Seguros, vamos trabalhar e correr atrás de nossos ideias. Mas na minha humilde opnião. Essa Acoplan não nós ajudará em nada. Associação das Corretoras isso sim!!!!

Corretor de Seguros

Prezados,
Lendo algumas das postagens neste blog, vejo a pobreza e falta de conteudo a que se aludi a novas ideias e busca de soluções neste mercado, que anda revirando o estomago de uma grande parcela de vendedores de saude picaretas, que utilizam do pseudo "Corretor de Saude" para iludir o consumidor e levar dinheiro facil...Com a chegada da Sincoplan (mesmo que sem nenhum objetivo de ajuda ao vendedor de saude), assustou e revoltou a muitos destes vendedores, que comecaram a se ver encurralados e ameacados, pois viviam em mares calmos e de repente levantou-se grandes ondas e aguas estao comecando a imergir com o intuido de afogar estes tais que somente prejudicam o bom andamento do mercado.
Sem contar com a nova acao das operadoras de protestar o cliente em caso de falta de pagamento de sua mensalidade, ou seja, Adeus repiques!
Porem os demais vendedores de saude, honestos, que lutam no dia-a-dia para levar o melhor produto ao consumidor, tais noticias nao abalaram em nada profissionalmente e tambem em seus faturamentos... Pois as promocoes e premiacoes das operadoras e administradoras continuam a movimentar o mercado como antes... e com amplo campo de exploraçao a vista para prospectivas de novos clientes... Ou pensas que a saude publica ira melhorar?
Por isto, parem de reclamar e maos a obra...Se querem obter uma profissao regulamentada... Faca o Curso de Corretor de Seguros, que alem de ampliar sua carteira com novos produtos e segmentos de seguros, podera livremente vender plano de saude, e sim ser chamado de "corretor".
Agora se nao quer pagar impostos, quer viver clandestinos... fiquem quietos e parem de postar abobrinhas sem fundamentos contra estas entidades e associacoes, que alias, estao pouco se lixando com suas opinioes.
E antes de me criticar, lembre-se que esta blog é democratico e seu moderador tem utilizado de educacao em suas respostas... Porem toda forma democrata de agir tem sua limitacao e muitos ultrapassam desta liberdade para colocar apobrinhas sem nenhuma fundamentacao que cansam nossas vistas e mentes... porem somos obrigados a efetuar a leitura... pois tentamos dentre destas muitas apobrinhas tirar algum caldinho bom... mais esta dificil.. ou melhor impossivel!
OBS. Nao sou vendedor de saude, nao sou advogado do moderador, nao sou parente do moderador, nao sou do Sindicato, nao sou da Associacao Acoplan, alias ao menos conheco algum destes individuos destas entidades. Tenha um otimo final de semana!

Jorge Carlos

Fiz o curso da Acoplan e também recomendo. Foi muito importante para mim, tanto na formação quanto no fato de me apresentar no cliente com uma carteira que me credencia a vender. E nerolinguística, para quem não sabia, tem tudo a ver com cursos de técnicas de vendas. Antes desse da Acoplan eu ja tinha feito um com a matéria em questão. Parabéns Acoplam, eu me senti um profissional de fato, depois do curso. Os professores do Senac são excelentes. Continuo no ramos só de saúde mais pretendo pegar o meu susepão. Aí tem de ser na Funenseg. Boa tarde a todos.

Mariângela

Senhor revoltado, não vou responde pra o senhor porque o participante Biela já respondeu por mim.
So lhe digo um conselho, pare de se revoltar com o susesso dos outros. Isto pode lhe acarretar em doença. Num e bom não viu? Paz pra o senhor.

Biela

É fácil acusar donos de corretoras e suas associações...

Seguinte, seja um deles.

Tem espaço, faço sua história.

Mas se não pode fazer melhor, continue sendo um bom vendedor, que esse é seu talento. Reúna outros e monte sua associação ou sindicato.

Qual o problema com tanta inveja com o que os outros constróem ?

Conheço donos de corretoras que eram vendedores e resolveram mudar sua trajetória mas fizeram isto com muito trabalho e suór.

Muito diferente de um formulário de comentário, que como papel, aceita tudo !

Revoltado

Cara Mariângela,

Você diz que sempre lê o blog e gosta de tudo, mas nunca comentou nem tentou contribuir com nada de útil ao setor. Alguns de nós, Mussum, Corretor, Pitágoras, Rosa Antunes, Corretor Susep, corretor de Seguros, a chata da Conservadora dos Jardins sempre que entramos no blog debatemos e expomos nossas ideias. Muitas ideias que tinha, foram modificadas após me provarem aqui que eu estava errado.

Como neolinguística é a coordenação de ação com o cérebro e nossa comunicação com o exterior, chego à conclusão que o curso deste Lair Ribeiro deve ser um lixo, pois você não coordena nem sua escrita. Descualificar? Pelo amor de Deus, estudou onde no Sobral (sobra do Mobral)? E ?desqualificar? inteligência suprema.

Agora do bobão eu gostei.

Para seu conhecimento, eu não preciso deste curso, pois a julgar pela sua escrita e seu comentário não serve para nada mesmo. Você diz que as pessoas que aqui debatem são vendedores derrotados. O que faz aqui? Volte para sua redoma de vidro, que acredita que Acoplan, não tem fins lucrativos, que defende os corretores, que o curso ajuda a vender, que a ditadura (pois se fosse moderadora não deixava isto nem aquilo) é o modelo ideal.

Chega,

Bom dia

O Intelectual

As vezes eu sinto vontade de abrir a cabeça do outro e tentar retirar a ignorância.Será que estes ataques são de um grupo que defendem um determinado sindicato e que nao enxergam que a união faz a força ? Será que passarão a vida igual ao post do sapo boi ? Não entendem que para vender a Amil não é preciso denegrir a Sulamérica ? Os leitores do blog são inteligentes e desta forma nós corretores ficamos a cada dia que passa mais convictos do lado de quem devemos ficar.

Mariângela

Sempre leio este blog e gosto muito, gosto de tudo. Só acho que os comentários são meio injustos. Este por exemplo alguns comentaristas parecem revelar um preconceito com a Acoplan. Fiz o curso no Senac e recomendo aos corretores que vendem planos de saúde. Passai a ser outra pessoa depois do curso e não existe curso de graça no Senac. Também desde a semana passada que o blog explicou que a Acoplan ia escrever toda sexta-feira no blog e no entanto tem gente aqui que está se comportando como se o blog é que tivesse escrevido o texto. É preciso separar as coisas e o blog é muito democrático porque eu não se eu fosse moderadora tinha coragem de publicar tanta asneira desses vendedores derrotados. Somente pessoas frustadas pode escrever falar tanta coisa absurda. As empresas de São Paulo num tem a Fiesp? O comercio não tem a Fecomercio? Porque as corretoras num pode ter a sua associação?
E um tal de revoltado que escreveu esse monte de asneira tentando descualificar o curso que ele não fez. Neuroliguistica é matéria em muitos cursos de técnica de vendas. Eu já fiz com Lair Ribeiro. E esse bobão escreve esse monte de asneira. Gentemmmmm tenha dó, né?

Manipulador

Caro blog quando publiquei o comentário ?Acoplan ? Associação dos Corretores de Seguros e Planos de Saúde e Odontológicos do Estado de São Paulo é uma entidade sem fins lucrativos? usei o titulo PIADA PRONTA.
Porque vc tirou o titulo e colocou como anônimo?
Já que vc manipulou meu titulo creio que deva fazer isso com os comentários também.
Você esta recebendo quanto para fazer isso ? de graça é que não é.

.
RESPOSTA

Prezado Manipulador.
A função deste Moderador é moderar. E moderar os excessos. Nada tem a ver com ganhos financeiros. Basta um olhar rápido para ver o esforço que tenho feito para manter a democracia neste espaço. Mas é preciso lembrar que há uma diferença abissal entre liberdade e libertinagem. Apesar da semelhança na fonética.
Moderador


P.S.
E lembre-se:
O espaço disponível no formulário e que você ocupou para outros fins, destina-se para o comentarista exibir seu nome, seja ele verdadeiro, quando identificado, seja um pseudônimo, quando se tratar de anônimo. Simples, assim

SPARTACUS

A maioria grita por liberdade, cansamos de sermos enganados por essas corretoras picaretas agora emcabeçadas por esse cancêr chamado Acoplan que só quer nos deixar sob o domínio de seu chicote, nos fazendo trabalhar e engordar seus ricos associados, e o que ganhamos com isso amigos ? eu lhes digo, ganhamos migalhas, nada além disso !
esse blog deveria ser um canal para o corretor/vendedor de planos de saúde conjecturar com outros irmãos, mas como notamos, é uma farsa !
ele está para "blogo do corretor" assim como a acoplan é a Associação dos Corretores de Seguros e Planos de Saúde e Odontológicos do Estado de São Paulo e é uma entidade sem fins lucrativos, Emannuel, o sr é uma PIADA !

Gardino o Democrata

Aqui tem profissionais da área ou gladiadores? Leio tudo neste blog mas como democrata que sou acho um absurdo tamanho ataque ao blogueiro e a acoplan que por iniciativa de ambos,um divulgando,outro criando,um curso em
uma escola de credibilidade onde se tem livre arbítrio em fazer,fato é que tem custo e receber em troca ataques e ofensas com base em achismo? É por estas e outras que estamos em crise.Todos querem depredar e poucos ajudam a construir. Acoplan e blogueiro vocês são um sucesso,ha julgar por tantos incomodados.

Corretor

Ou mane' nao vai responder?

Anônimo

??? Ñ Importa - P/ Quem Servir 2

Sapo boi não se emenda e fica sempre na mesmice

Sapo, vulgo boi, tem se achado, acreditando que virou gente, quando na verdade não deixou de ser um projeto de sapo que inchou, e agora tenta diminuir, mas não tem conseguido.
Sapo, anda insatisfeito com as opções que fez, pois no fundo o que Sapo Boi mais anseia é ser um vigia, tomar conta de uma boa portaria e fazer igual a seu idolo, Severino, cara-cracha, cara-cracha.
De longe se percebe que Sapo Boi como diz o dito popular "dá pro um bom vigia", e Sapo se sente assim. Sapo fico muito relizado tomando conta da vida dos outros, e nem mesmo se preocupa em arrumar um rá, mas será que tem alguma louca que aceita o desafio.
Os dias de sapo não são dos melhores. Apesar de ter nascido no brejo, é difícil algum girino chamá-lo para algum evento. Mas, fala a verdade. No brejo, quem gosta de ter um mala ao lado. Sapo curte muito uma MPB tanto que outro dia chegou guachando, "esse mala sou eu".
Sapo tem um dna bem ruim, pois puxou para o velho sapo genitor que faliu em tudo que tentou na vida, e por causa disto não pode ter nada no nome, se não os credores vem tomar e olha que eles estão de olho.
É tritste a sina deste sapo que gosta de comprar eventos que não lhe pertencem. Sapo tenta esconder os eventos do passado acreditando que poderá se dar bem. Mas, o sapo escroto se esquece que passado não se apaga.
Na verdade, o passado a qualquer momento pode voltar, e nem sempre o Zé Ruela está preparado para enfrentar a realidade. Mas, a vida do sapo é isso. Cara-cracha, game cinco contra um, e a velha a função de ir para a porteira tomar conta da vida dos outros.
Que mediocridade, um mundo tão grande, e um sapo tão limitado, um verdadeiro autista, perdido em sua esquizofrenia e em sua neurose. É isso, Salve Jorge.
Paulo Tadeu Rodrigues Rosa

Revoltado

Boa noite,

Fosse a Acoplan representante dos corretores, poderia até aceitar alguns absurdos que ela comete. Mas acontece que ela representa as corretoras de planos de saúde. Faz reunião para elas, como as ultimas que aconteciam em sua sede, onde a meta era reduzir a comissão do corretor e tornar o comissionamento único. Acontece que nem a união de seus associados ela teve competência de conseguir.

A Acoplan tem fins lucrativos sim, não sejamos hipócritas em dizer que não.

O curso para corretores tem falhas gritantes. Vejamos:

3 Técnicas de Vendas e Ética nos Negócios - È como querer ensinar ética ao Paulo Maluf.

4 Telemarketing, Mkt Pessoal, Políticas de Relacionamentos; Adm.Tempo - O tempo não pertence ao corretor e sim ao seu cliente, como administrar o que não é nosso?

5 Neurolinguística - Para Caplan (1987) a Neurolinguística é o estudo das relações entre cérebro e linguagem, e para Menn & Obler (1990), a Neurolinguística tem por objetivo teorizar sobre o ?como? a linguagem é processada no cérebro. Ensinar isto para o vendedor?

6 Motivação Pessoal - O vendedor precisa de dinheiro quer motivação maior que esta?

7 Palestra: Planos Odontológicos / Prevenção - O vendedor vai ensinar ao cliente como escovar os dentes? A melhor escova ou creme dental ?

8 Prova/Trabalho - Como assim, a Acoplan vai dar uma indicação ao vendedor e acompanha-lo para fechar a venda?

Gente não precisamos da Acoplan. Lenta demais, seus dirigentes são conservadores ao extremo, o que dificulta e torna impossível qualquer mudança, se for para melhorar algo para o corretor, esqueça.

Boa noite a todos!!

Anônimo

??? Ñ Importa - P/ Quem Servir

O próximo, em cada minuto, é aquele coração que se acha mais próximo do nosso, por divina sugestão de amor no caminho da vida.
No lar, é a esposa e o esposo, os pais e os filhos, os parentes e os hóspedes.
No templo do trabalho comum, é o chefe e o subordinado, o cooperador e o companheiro.
Na via pública, é o irmão ou o amigo anônimo que nos partilham a mesma estrada e o mesmo clima.
Na esfera social, é a criança e o doente, o desesperado e o triste, as afeições e os laços da solidariedade comum.
Na luta contundente do esforço humano, é o adversário e o colaborador, o inimigo declarado e oculto ou, ainda, o associado de ideais que nos surgem
por instrutores.
Em toda parte, encontrarás o próximo, buscando-te a capacidade de entender e ajudar.
Auxilia aos outros com aquilo que possuas de melhor.
Os santos e os heróis ainda não residem na Terra.
Somos espíritos humanos, mistos de luz e sombra, amor e egoísmo, inteligência e ignorância.
Cada homem, na fase evolutiva em que nos encontramos, traz uma auréola incompleta de rei e uma espada de tirano.
Se chamas o fidalgo, encontrarás um servidor.
Se procuras o guerreiro, terás um inimigo feroz pela frente.
Por isso mesmo, reafirmou Jesus o antigo ensinamento da Lei: ? ?ama ao próximo, como a ti mesmo?.
É que o espírito, quando ama verdadeiramente, encontra mil meios de auxiliar, a cada instante, e o próximo, na essência, é o degrau que nos aparece diante do coração, por abençoado caminho de acesso à Vida Celestial.

Anônimo

"Acoplan ? Associação dos Corretores de Seguros e Planos de Saúde e Odontológicos do Estado de São Paulo é uma entidade sem fins lucrativos"

Corretor

COMENTÁRIO REMOVIDO

Flor do Caribe

Esse blogueiro me ama !

Corretor

Esta Acoplan não representa nada. Agora o blog vem com estas estórias ai.
A quanto tempo existe a Acoplan Blog?
A quanto tempo representa nós vendedores?
Por que nunca nos procurou com clareza para nos unir e saber de nossas reivindicações?
Quanto a comissão para idosos por que nunca se posicionou?
Ou mané para com isto!!! Como diz o colega no comentário abaixo, associaçãozinha mesmo que sempre representou as corretoras e os seus interesses próprios.

Salgadinho

http://economia.ig.com.br/2013-05-17/amil-e-condenada-a-rever-reajuste-e-devolver-dinheiro-em-planos-coletivos.html

Amil é condenada a rever reajuste e devolver dinheiro em planos coletivos
Decisão vale para contratos com micro e pequenas empresas; operadora deve recorrer

Sede da Amil: empresa não se manifestou

A Amil foi condenada a devolver dinheiro a clientes de contratos por adesão firmados com micro e pequenas empresas e que tiveram as mensalidades reajustadas com base no grau de utilização dos serviços médicos. A Justiça também obrigou a operadora a alterar as mensalidades que foram aumentadas com base nesse critério, conhecido como sinistralidade.

A ação foi movida pela promotora Camila Mansour Magalhães da Silveira, do Ministério Público de São Paulo (MP-SP). Procurada, a Amil não se manifestou.

A decisão vale para contratos de todo o Brasil e foi mantida pelo Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo (TJ-SP). O acórdão foi publicado no Diário de Justiça no último dia 9. A sentença de primeira instância foi dada em 7 de maio de 2012.

A Amil deve apresentar um novo recurso ao TJ-SP e, possivelmente, em seguida tentar levar o assunto para o Superior Tribunal de Justiça (STJ). A empresa deve continuar a argumentar que há uma ação semelhante no Rio de Janeiro, na qual teria obtido decisão favorável.

A Amil é a maior operadora de planos de saúde do Brasil, com 4.968.348 beneficiários de planos médicos e odontológicos. A empresa não esclareceu quantos desses fazem parte dos contratos que podem ser afetados pela decisão.

Coletivos por adesão

Os planos coletivos por adesão são aqueles em que uma empresa contrata uma operadora e os empregados decidem se querem aderir ou não. Em dezembro de 2012, havia 6.549.250 pessoas com esse tipo de plano, o que representa 13,7% dos beneficiários de planos médicos do Brasil.

Nesses casos, assim como em qualquer plano coletivo, a Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) permite que as operadoras apliquem o chamado reajuste por sinistralidade. Por ele, as operadoras podem corrigir a mensalidade do cliente de acordo com a utilização dos serviços médicos. Ou seja, quanto mais os beneficiários usam o plano, mais caro ele fica.

O argumento das operadoras é que a correção da mensalidade sob esse critério permite manter o equilíbrio financeiro do contrato. Para os críticos, como o Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor (Idec), a cláusula é abusiva por transferir o risco do contrato para o cliente.

Veja também: Justiça barra reajustes ?abusivos? de planos de saúde

Como nos contratos coletivos os índices de reajustes são livres (não precisam ser avaliados pela ANS), a aplicação do critério da sinistralidade pode levar a correções muito superiores à inflação. No caso que fez o MP-SP a acionar a Amil, a empresa havia reajustado em 1.000% a mensalidade de uma pequena empresária de São Caetano do Sul, na Grande São Paulo, entre novembro de 2009 e janeiro de 2010.

Reajuste sem controle

O relator do processo no TJ-SP, juiz Marcelo Fortes Barbosa Filho, argumentou no acórdão que o critério por sinistralidade permite às operadoras aplicar o reajuste que quiserem, livre do controle do cliente. Segundo o texto, a fórmula usada pelas operadoras é incompreensível para o cliente, o que torna inviável uma possível contestação.

"A fórmula de reajuste adotada ostenta evidente hermetismo e confere, à apelante [Amil], a possibilidade de, sem qualquer controle do contratante, adotar os percentuais que desejar, obstada ou, ao menos, muito dificultada qualquer impugnação", diz o acórdão.

A decisão, se for mantida, pode significar que a Amil terá de corrigir o valor dos planos coletivos afetados pela mesma regra que é aplicada aos planos individuais. Isso porque, diz o texto da sentença de primeira instância, a operadora deverá e aplicar o ?índice da ANS?. Esse, possivelmente, é o indicador definido pela agência todos os anos para corrigir as mensalidades dos planos individuais e familiares, que, em média, foi de cerca de 8% ao ano de 2000 a 2012.

Além das correções, e de devolver o que os clientes pagaram a mais por causa do critério da sinistralidade, a Amil deverá declarar nula, nos contratos já firmados, a cláusula que permite tal reajuste, e deixar de incluí-la nas novas adesões, segundo o juiz. A multa por descumprimento é de R$ 5 mil por contrato.

Batatinha

O Moderador podia abrir um campeonato de idéias positivas para nosso setor.

Assim todos poderíamos evoluir contribuindo para um amanhã melhor.

Anônimo

Nossa esse blogueiro viajou na maionese. com a história da Maria.
Volta pro mar oferenda!

O perguntador

Caro blog ou vc fez aquela cirurgia e virou Maria ou esta tomando algum alucinógeno, pois creio que cada um deva responde por si.
Sobre os descontos, para mim eles são sempre bem vindos.
Será que vc acha que a carteirinha do bolsa família também seja uma ilusão.
Você esta parecendo politico , falou , falou e não disse nada.
Já que vc gosta de responder pelos outros vou responder por você, essa carteirinha não serve para nada.

Corretor Susep

Caro blog para o seu governo não sou sindicalista e sim participo de assuntos que acho interessante na área de corretor pois assim o sou com muito orgulho diga-se de passagem.No entanto ficarei ansioso na espera de tal revelação para que possamos separar o joio do trigo. Um forte abraço.

Batatinha

Educação e cultura não servem para descontos em cinema e restaurantes.

Servem para qualificar o ser humano e tornar, em nosso caso, o segmento cada vez mais profissional e respeitado.

Mas na web tá cheio de cupom pra você recortar.

O perguntador

Queria saber o que a:
MARIA SILVA N° 1279. faz com essa carteirinha da acoplam, ela tem desconto em cinema ou restaurantes?
Ela possui algum tipo de suporte quando tem alguma dificuldade em receber suas comissões ? seja da corretora ou operadora ?
Ou ela guarda essa carteirinha no fundo de alguma gaveta ao lado das bolinhas de naftalina?

.
RESPOSTA
Prezado Perguntador:
A Maria Silva nª 1279 dispensa esse "suporte" que oferece descontos ilusórios em cinemas e restaurantes. Quando tem alguma dificuldade em receber suas comissões, ela procura o seu gerente. Caso não seja atendida, Maria Silva procura o dono da Corretora, único responsável legítimo (e legal) por essas questões. Felizmente isso não ocorreu com a Maria Silva, e provavelmente não ocorrerá, porque ela, como tantos outros, foi formada por um excelente curso no SENAC e escolheu uma Corretora bem estruturada e dirigida por pessoas honestas.
Saudações,
Moderador


P.S.
E como se não bastasse, Maria Silva é uma corretora bem sucedida. Fatura alto. Não precisa ir à feira quando as barracas estão sendo desarmadas.

Corretor Susep

Então Emanuel ou Emmanoel como queira meu caro . Eu falei que Acoplan é uma associaçãozinha que não representa os corretores e sim as corretoras não falei que é inimiga dos corretores Senhor da verdade. Seja mais coerente e um forte abraço. Aliás você também é sindicalista e foi preterido do sindicato e daí qual o problema a vida continua. Sem rancor e sem briguinha e vamos que vamos. É é bom que Acoplan queira nos representar como corretores já mencionei no comentário anterior.Aliás sou corretor e participo dos meus ideais como um todo e não sou só sindicalista ok. Preciso trabalhar quando possível voltarei.

.
RESPOSTA
Caro sindicalista.
Por vezes, você tem me provocado impingindo-me a pecha de "preterido pelo Sincoplan" e, por ser um assunto que não me acrescenta em nada, tenho-me feito de ouvidos moucos. Mas já que você insiste tanto, prometo que um dia, um breve dia, publicarei um post contanto a história do meu acidental envolvimento com esse seu sindicato. Como sou conhecido pela minha verve poética e teatral, aposto um picolé de limão que você e os seus companheiros não gostarão nenhum pouco. Mas foi você quem pediu(!).
E eu encerro por aqui a minha participação nas respostas aos comentários.
Agora fica por conta do moderador.
Hasta la vista, baby.

Couro de Cobra Surrado

Reformulando a pergunta :

- como inserir no menor prazo possível de tempo e ao menor custo tributário , a profissão do vendedor de "plano de saúde" no MEI por exemplo ?

Couro de Cobra Surrado

Putz, essa galera tem cada uma, confunde tudo.

Vendedor com corretor e o escambau.

Então vem cá, vc lembra do Sincor defendendo vendedor de plano de saúde ?

Vcs nem se ligam que estão falando de uma atividade não regulamentada , pelo amor de Deus.

Se os caras são corretoras e existem legalmente, qual o mal de sua associação para seus interesses ?

E qual o mal de um curso por gente especializada em saúde ?

E da associação de administradoras ou operadoras, também tem de defender interesse do vendedor ?

Caramba gente, com todo respeito, precisa estudar ou se envolver mais.

Queria saber quem tá toda hora lá nas reuniões da Acoplan ou no meio político tentando formalizar a profissão ou dentro das operadoras tentando vitalício ?

Ninguém são sempre os "faz nada" que são mestres em apontar os dedinhos.

Então, proponho um desafio a esses brilhantes críticos :

- como inserir no menor prazo possível de tempo e ao menor custo tributário , a profissão do vendedor de seguros no MEI por exemplo ?

Vai, responde aí !

Corretor Susep

Valor do curso na Funenseg por volta de R$ 585,00 por módulo x 7 módulos totalizando mais ou menos uns R$ 4.095,00 curso puxadíssimo no período matutino ou noturno diariamente e anual. Vale a pena para quem quer ser corretor de seguros gerais e ter a sua Susep para toda linha de seguros.
Quanto a Acoplan não passa de uma associação das corretoras que nunca representou os corretores e agora esta mudando o discurso por conta do SINCOPLAN com o apoio do Emanoel do BLOG como ele se declarou em materia postada. Creio eu e espero que vai ser bom para classe pois se não tínhamos nada até pouco tempo, hoje temos um sindicato que vai ser forte brevemente e já é pedra no sapato dos que estão irregular, pois a nossa categoria por incrível que pareça é forte e a propósito o nosso mercado de saúde é fortíssimo. E uma associaçãozinha que agora diz que nos representa e isto é bom porque pode ser oposição fortalecendo a classe dos corretores e ao próprio sindicato.

.
RESPOSTA II
Tenho todos os motivos para discordar do sindicalista.
Foi exatamente a credibilidade da Acoplan que fez o Blog do Corretor pleitear parceria com a entidade. O amigo precisa entender que a Acoplan não é inimiga do corretor. Tenho participado de constantes reuniões, e, portanto, sou testemunha dos esforços da sua diretoria no sentido de encontrar saídas para problemas que afetam o mercado e por conseguinte o vendedor. Aliás, não poderia ser diferente: sem a figura do vendedor, as Corretoras não existiriam, tampouco uma Associação que as representasse.
É preciso que o corretor (parte deles) entenda isso.
E o cursos, como a própria Acoplan já se pronunciou respondendo a um comentarista aqui, tem foco na formação do corretor de planos de saúde; o da Funenseg o foco é para corretor de seguros.
Desconheço cursos gratuitos no Senac; muito pelo contrário.
E o meu nome não Emanoel.
Um abraço,
Emmanuel Ramos de Castro

Zé Povinho

Essa Acoplan só quer nos f... representa as corretoras e nao querem os vendedores como sócios, e agora ainda querem arrancar dinheiro com cursinho xinfrim.....
se querem qualificar mão de obra, que ela e as corretoras arquem com isso, pena o Sincoplan ser dirigido por amadores, caso existisse um sindicato com pessoas sérias e dispostas a mudarem essa palhaçada de mercado informal, engoliriam essas corretoras picaretas e essa porcaria de acoplan, fica a dica !

.
RESPOSTA
Como diz o poeta Cazuza, "suas ideias não correspondem aos fatos"
Um abraço,
Emmanuel Ramos de Castro

Acoplan
www.acoplan.org.br

O Curso da ACOPLAN é exclusivo sobre Planos de Saúde, o da FUNENSEG é sobre seguros, com uma pequena carga sobre Saúde. Quem faz o curso da ACOPLAN também tem vantagens no SENAC. Mas os cursos no SENAC não são gratuitos.
O Corretor que investe na Qualificação deveria fazer os dois ACOPLAN e o da FUNENSEG, este se ele quiser ser corretor de seguros.

Corretor

Esse curso me parece muito bom, mas somente para aprimoramente pessoal e de trabalho. Onde devemos sempre nos aperfeiçar.
Mas a habilitação mesmo é com a Funenseg.
Desculpe a minha opinião e respeito as demais, porem a Acoplan perde a minha credibilidade representando as Corretoras e não nós corretores.

Qual sua opnião caro blogueiro?

.
RESPOSTA I
Tenho todos os motivos para discordar do colega.
Foi exatamente a credibilidade da Acoplan que fez o Blog do Corretor pleitear parceria com a entidade. O amigo precisa entender que a Acoplan não é inimiga do corretor. Tenho participado de constantes reuniões, e, portanto, sou testemunha dos esforços da sua diretoria no sentido de encontrar saídas para problemas que afetam o mercado e por conseguinte o vendedor. Aliás, não poderia ser diferente: sem a figura do vendedor, as Corretoras não existiriam, tampouco uma Associação que as representasse.
É preciso que o corretor (parte deles) entenda isso.
E o cursos, como a própria Acoplan já se pronunciou, tem foco na formação do corretor de planos de saúde; o da Funenseg o foco é no corretor de seguros.
Desconheço cursos gratuitos no Senac; muito pelo contrário.
Emmanuel Ramos de Castro

Ari Flores

Eu agora estou em dúvida, a ACOPLAN representa quem? os donos das corretoras ou os corretores? O nome da entidade diz Associação dos corretores, mas parece que defendem os interesses das corretoras. Estou confuso... Ela pode representar corretor e corretora ao mesmo tempo? Por favor amigo do blog, gostaria que alguém me explicasse, pois tentei ficar sócio na semana passada, mas falaram que eu não poderia, pois não sou pessoa jurídica. Como fazer o curso, se não posso ser sócio? Aguado orientação, plis. Bye bye.

arif@hotmail.com

RESPOSTA
Prezado corretor, Ari Flores:
A Acoplan representa os interesses das Corretoras.
Por outro lado, a Associação tem interesse indiretamente no bem-estar e na qualificação do corretor; afinal, sem ele, as Corretoras não existiriam.
Além de um excelente curso de qualificação, a Acoplan tem desempenhado importante papel nas batalhas políticas que envolvem interesses bilaterais.

CORNETEIRO

Na Funenseg tem um curso muito melhor para vendedor de planos de saúde e fora isso, quem tem susep pode fazer esse curso entre outros do senac gratuitamente ...

Carregar mais

Deixe seu comentário Você pode optar por ficar anônimo, usar um apelido ou se identificar. Participe! Seus comentários poderão ser importantes para outros participantes interessados no mesmo tema. Todos os comentários serão bem-vindos, mas reservamo-nos o direito de excluir eventuais mensagens com linguagem inadequada ou ofensiva, caluniosa, bem como conteúdo meramente comercial. Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.