fechar
Comentar
Publicado por Blog do Corretor

Monitoramento: ANS suspende venda de 31 planos de 12 operadoras

Monitoramento: ANS suspende venda de 31 planos de 12 operadoras


Medida começa a valer no dia 08/06 e protege cerca de 115,9 mil beneficiários



A Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) determinou a suspensão temporária da comercialização de 31 planos de saúde de 12 operadoras em função de reclamações relacionadas a cobertura assistencial. A medida é resultado do Programa de Monitoramento da Garantia de Atendimento, realizado a cada três meses, e começa a valer na sexta-feira (08/06). Cerca de 115,9 mil beneficiários ficam protegidos – eles continuam a ter assistência regular a que têm direito, mas as operadoras só poderão voltar a vender esses planos para novos contratantes se comprovarem melhoria no atendimento.  



O Programa de Monitoramento da Garantia de Atendimento avalia as operadoras a partir das reclamações registradas pelos beneficiários nos canais da ANS. Nesse ciclo, foram consideradas as demandas (como negativas de cobertura e demora no atendimento) recebidas no 1º trimestre de 2018.



 A diretora de Normas e Habilitação dos Produtos da ANS, Karla Coelho, explica que o objetivo do monitoramento é estimular as operadoras a qualificarem o atendimento prestado aos consumidores. “Apesar de alguns casos reiterados, percebemos que, em geral, as operadoras têm se esforçado para se manter nas melhores faixas de classificação. Isso mostra que o programa tem atingido seu objetivo, já que o monitoramento da garantia de atendimento é um mecanismo que visa dar uma oportunidade para que as empresas revejam seus fluxos de atendimento e o próprio fluxo operacional”, avalia a diretora.



 Paralelamente à suspensão, neste ciclo, houve a reativação de 33 planos de 16 operadoras. A partir do dia 08/06, portanto, esses produtos poderão ser comercializados novamente. 



Reclamações  



No trimestre compreendido entre janeiro e março de 2018, a ANS recebeu 15.655 reclamações de natureza assistencial através de seus canais de atendimento. Dessas, 13.999 foram consideradas para análise pelo Programa de Monitoramento.  



No período, 97% das queixas foram resolvidas pela mediação feita pela ANS via Notificação de Intermediação Preliminar (NIP), garantindo resposta ao problema desses consumidores com agilidade.  



Acesse aqui a lista de planos com comercialização suspensa.



Para dar mais transparência e possibilitar a comparação pelos consumidores, a ANS disponibiliza ainda um panorama geral com a situação de todas as operadoras, com a classificação das empresas nas quatro faixas existentes (que vão de 0 a 3).



Clique aqui e faça a consulta por operadora de plano de saúde.


Leia também

3 comentários
Comentar
CETICO

É isso aí mesmo ZÉ DAS COVE, é só mudar o nome do produto e continuar vendendo. Já existe o mesmo produto com vários nomes cadastrados e regulamentados na prateleira é só sacar e usar. ISSO É UMA VERGONHA..... A PATIFARIA maior é que todos sabem e NINGUÉM faz nada...... ESSE É O BRASIL QUE VIVEMOS...

Zé das Cove

Boa tarde.

Jogo de cartas marcadas, só batem em cachorro morto.
Para as grandes isso não muda nada, observem que em um passado não muito distante a ANS bloqueou de uma determinada mega operadora o plano 169, porém já havia na prateleira o 169 Plus...VERGONHOSO.

??????????????????

DE NOVO!!!!!!! ESSA PALHAÇADA OUTRA VEZ..... NÃO RESOLVE NADA.... ANS QUE NADA.......

Carregar mais

Deixe seu comentário Você pode optar por ficar anônimo, usar um apelido ou se identificar. Participe! Seus comentários poderão ser importantes para outros participantes interessados no mesmo tema. Todos os comentários serão bem-vindos, mas reservamo-nos o direito de excluir eventuais mensagens com linguagem inadequada ou ofensiva, caluniosa, bem como conteúdo meramente comercial. Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.