Brasil possui quase 14 milhões de planos de previdência privada aberta, revela estudo da Fenaprevi

Brasil possui quase 14 milhões de planos de previdência privada aberta, revela estudo da Fenaprevi
Emmanuel Ramos de Castro

Emmanuel Ramos de Castro

Por Fenaprevi | FSB Comunicação

RIO DE JANEIRO — Novo levantamento realizado pela Federação Nacional de Previdência Privada e Vida — Fenaprevi, com base nos números até novembro de 2022, revela que, ao todo, existem 13,9 milhões de planos de previdência privada aberta no País, sendo 11,1 milhões na modalidade individual e 2,7 milhões na modalidade coletiva.

De acordo com os dados da Federação, apenas 0,5% dos planos de previdência aberta se encontram na fase de recebimento de benefícios, isto é, os proprietários já concluíram suas contribuições e aportes e hoje usufruem dos valores acumulados — o que, para a entidade, é um sinalizador de quão ainda é jovem esse mercado.

O levantamento revela ainda que, em novembro de 2022, o número de CPFs únicos (limitação por sociedade supervisionada) — uma ótima aproximação para a quantidade de pessoas que possuem planos de previdência privada aberta –, é de 10,8 milhões. Desses, 8,7 milhões possuem planos individuais e 2,3 milhões estão em planos coletivos.

Desempenho em novembro

Em termos de captação bruta, foram arrecadados R$ 140,7 bilhões no acumulado de janeiro até novembro de 2022, alta de 12,2% em relação ao observado nos primeiros onze meses de 2021. No mesmo período, o volume resgatado somou R$ 111,2 bilhões, elevação de 17,3% em relação ao ano anterior. Considerando apenas novembro de 2022, o montante resgatado atingiu R$ 10,1 bilhões, enquanto a captação bruta totalizou R$ 11 bilhões.

Com isso, a captação líquida em novembro de 2022 foi de R$ 0,9 bilhão. Nos onze primeiros meses de 2022, essa soma foi de R$ 29,5 bilhões, ou seja, retração de 3,6% frente ao mesmo período de 2021. Adicionalmente, os ativos e provisões técnicas totalizam R$ 1,2 trilhões, com altas de 13% em relação ao nível que estavam há um ano.

Resultado por produto

O levantamento ainda detalha as informações, conforme o tipo de plano de previdência contratado. Dos 13,9 milhões de planos comercializados, 61% são VGBL – Vida Gerador de Benefício Livre, 21% PGBL – Plano Gerador de Benefício Livre e 18% planos Tradicionais.

Em prêmios e contribuições, o VGBL continua como o produto de maior volume de arrecadação, com 88% no mês de novembro, seguido pelos planos PGBL (10%), e os planos Tradicionais (2%).

Por fim, ao longo dos onze primeiros meses de 2022, a captação bruta foi de R$ 128,2 em VGBL, R$ 9,5 bilhões em PGBL e R$ 3 bilhões nos planos Tradicionais.

Compartilhar:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Email

Deixe um comentário

Você pode optar por ficar anônimo, usar um apelido ou se identificar. Participe! Seus comentários poderão ser importantes para outros participantes interessados no mesmo tema. Todos os comentários serão bem-vindos, mas reservamo-nos o direito de excluir eventuais mensagens com linguagem inadequada ou ofensiva, caluniosa, bem como conteúdo meramente comercial. Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

JORNALISTA

Emmanuel Ramos de Castro
Amante da literatura, poesia, arte, música, filosofia, política, mitologia, filologia, astronomia e espiritualidade.

Categorias

Veja Também:

Fale com o Blog!